Sem categoria

Dicas Rápidas de Alimentação e Nutrição no Ciclismo

Uma alimentação adequada, potencializa os resultados dos ciclistas. A escolha dos alimentos, reflete de forma direta, no desempenho do ciclista durante a corrida ou num passeio mais longo.

Se extrapola na alimentação, a consequência é o mau funcionamento do organismo. Por esse motivo, pratos ricos em gorduras e muito pesados, devem ser retirados da dieta próximo a um evento importante, pois o organismo demanda mais tempo para digerir.

Você pode Gostar Também: 5 Dicas de Upgrades para sua Road Bike

Alimentação no Ciclismo

Alimentação no Ciclismo proteínas, carboidratos nutrição para ciclistas mountain bike e speed

Escolher o que vai comer, é fundamental para a preparação do ciclista antes do treino, passeio longo ou prova. É necessário ter fontes de energia, para serem consumidas em cima da bicicleta, para que seja garantido o desempenho ao longo das horas de atividade.

Carboidratos

Ingerir carboidratos, proteínas e antioxidantes é recomendado para quem pratica ciclismo, seja apenas por lazer, ou por esporte. Eles são macronutrientes responsáveis pelo fornecimento de energia para as células, armazenados em nosso organismo, em forma de glicogênio, fonte de energia para os músculos.

Alimentação no Ciclismo proteínas, carboidratos nutrição para ciclistas mountain bike e speed

Proteínas

Já as proteínas, são moléculas essenciais para a reparação dos tecidos e reposição do gasto energético. E os antioxidantes combatem radicais livres, que são responsáveis pelo envelhecimento precoce, morte celular e outras doenças, a produção dessas substâncias más, está ligada aos exercícios intensos, mas também a fatores externos.

Alimentação no Ciclismo proteínas, carboidratos nutrição para ciclistas mountain bike e speed

Frutas e Vegetais ricos em antioxidantes

As frutas cítricas, pimentão, cenoura e espinafre são ricos em vitaminas e em propriedades antioxidantes, como o betacaroteno, ideais para neutralizar os radicais livres.

Você pode Gostar Também: Conheça a Roda A25. Leve, pronta para tubeless e com o melhor custo x benefício do mercado.

Alimentação no Ciclismo proteínas, carboidratos nutrição para ciclistas mountain bike e speed

Os cuidados com a alimentação devem começar antes da atividade física. No dia anterior, recomenda-se evitar alimentos indigestos, como por exemplo a carne vermelha ou pizza, devido ao excesso de sódio. Na manhã seguinte, o ideal é controlar o consumo do leite. Barrinhas de cereal, cápsulas de sal e BCAA podem ser consumidos nessa fase de preparação, auxiliando o atleta a obter desempenho.

Recarregue os seus reservatórios de energia

Ao longo de uma prova, ou mesmo treino, é importante o consumo de carboidratos, de forma constante para que não haja perda de rendimento. O recomendado é consumir os carboidratos mais complexos, pois estes irão liberar glicose lentamente na corrente sanguínea, evitando assim, vales e picos de glicemia.

Faça uso de frutas secas, batata doce, pequenos sanduíches, barrinhas de cerais ou proteínas. Já o refrigerante, causa piora no rendimento se não for usado de forma bem planejada. A cafeína em doses de até 200mg, ajuda na melhora do desempenho e diminui a percepção da fadiga, porém, não deve ser consumida por pessoas hipertensas, ou com problemas cardíacos.

Hidrate-se bem, isso faz toda diferença

A hidratação é um dos fatores mais importantes na dieta de qualquer praticante de atividade física, ou atleta. Não deixe para beber água, apenas quando estiver com sede, faça antes.

A sede é apenas um sinal, de que o seu corpo já está desidratado e a sua performance já caiu. Beba água constantemente para se manter hidratado.

hidratação Alimentação no Ciclismo proteínas, carboidratos nutrição para ciclistas mountain bike e speed

Alimentação pré-treino

A alimentação do pré-treino, também é muito importante. Por isso, antes de sair para pedalar, a sua alimentação, deve ser rica em carboidratos de baixo a médio índice glicêmico, como os alimentos integrais e frutas. Já as proteínas, devem ser consumidas em baixa quantidade, pois ficam mais tempo no estômago, e gastam mais energia do organismo, para serem digeridas. Alimentos ricos em fibras, como aveia, castanhas, sementes, e outros farelos, devem ser evitados, pois podem causar desconforto intestinal.

Alimentação pós-treino

A alimentação no pós-treino, também é importante para repor o glicogênio, inibir a degradação de proteínas, evitar a perda de massa magra e elevar a síntese proteica. Deve ser feita imediatamente após o término do exercício, ou até no máximo, duas horas após. Essa alimentação deve ser rica em carboidrato e proteínas para recuperação física do atleta.

Mas quem está em uma cicloviagem, por exemplo, não precisa destas dicas de alimentação, uma boa ideia nesse caso, é realizar algumas paradas ao longo do percurso para fazer a reposição energética. Já que alias as paradas para conhecer novos lugares e pessoas nessa modalidade é tão bem vinda.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar